Papéis [Materiais Para Desenho]

    Para o bom desempenho do trabalho é fundamental um papel adequado. Existem vários tamanhos, gramaturas, marcas e tipos de papéis sendo que cada um é indicado para certos materiais ou técnicas.


Tamanho
    A primeira coisa para saber sobre os papéis é o tamanho. Para efeito de desenho e artes em geral é suficiente conhecer o tamanho dos papeis que são: A4, A3, A2, A1 e A0. Os seus respectivos tamanhos são:


A4 – Tamanho: 21,0 x 29,7 cm.
A3 – Tamanho: 29,7 x 42,0 cm.
A2 – Tamanho: 42,0 x 59,4 cm.
A1 – Tamanho: 59,4 x 84,0 cm. 
A0 – Tamanho: 84,0 x 118,8 cm.


Obs. A maioria dos tipos de papéis só são vendidos somente no tamanho A0. É preciso, na hora da compra, pedir para cortar no tamanho desejado.


Marcas e Tipos de Papel
    Os tipos de papeis são essenciais para o resultado do desenho assim como a marca que o fabrica. Existem tipos de papeis que são fabricados por diversas empresas, mas existem alguns que só uma empresa o fabrica. Por exemplo: Só a marca Schoeller comercializa os tipos de papéis Hammer 1G/1R, Hammer 3G/3R etc. As principais características que definem o um papel são o tipo de fibra, a textura, a gramatura, o pH e a goma ou  colagem. 

Tipo de Fibra
    O papel pode ser fabricado com polpa de fibras de algodão, as quais são nobres e altamente duráveis por serem fibras longas, provenientes do fruto de árvores ou com fibras de madeira, que são fibras curtas provenientes do caule da árvore e que podem ser tratadas quimicamente para aumentar sua durabilidade.


Textura
    A textura define a característica física do papel e é perceptível ao toque. Existem diversas texturas no papel que dão maior impacto ao trabalho dependendo da técnica.

Goma ou Colagem 
    O tratamento de colagem do papel consiste em adicionar ao papel algum tipo de resina ou cera repelente a líquidos. Um papel sem colagem, por exemplo é um papel absorvente (papel toalha). 
    A colagem pode ser na massa, ou em superfície. Um papel colado na massa evita que a água seja absorvida rapidamente, característica fundamental para a vivacidade das obras de arte, pois um papel artístico colado na massa absorve lentamente, levando o tempo suficiente para que o pigmento que foi dissolvido em base aquosa seque na superfície do papel, mantendo a mesma cor do desenho do começo ao fim do trabalho.


A Gramatura
    Não menos importante é a gramatura do papel. Gramatura ou gramagem é a medida da grossura e densidade do papel, expressa em gramas por metro quadrado (g/m²). Quanto maior for a gramatura, mais “grosso” será o papel. A gramatura varia de 75, 90, 120, 180, 210, 240, 320, (g/m²) etc. 


pH
    O pH varia de 0 a 14, sendo pH=7: neutro. A maioria dos papéis são ácidos, o que acelera seu amarelecimento e decomposição. À medida que o ácido do ambiente interfere no papel, o pH do mesmo começa a cair para menos de 7, tornando-se ácido e acelerando seu amarelecimento. 
Para papéis artísticos, o pH neutro é fundamental para prolongar a durabilidade da obra de arte.


Co-relação Papéis Vs Técnica
Os mais comuns são:


Sulfite (75 g/m²) - São indicados para lápis comum HB ou 2B, rascunhos.

Sulfite (90 e 120 g/m²) - Iguais ao anterior, mas suportam lápis de grafite mais macios como 4B e 6B. 

Opaline ou Westerprint (90 a 120 g/m²) - Ótimo para lápis (grafite de todas as espessuras), canetas de base líquida e tintas de secagem rápida.

Canson (diversas cores e gramaturas) – Para pintura em geral. Suporta bem tintas com base de água, com secagem rápida a média. São indicados para aguadas, Ecoline, Aquarela, Acrílico, etc. Bom também para lápis de cor, pastel seco e crayon.

Papel manteiga – Indicado para arquitetura entre outros. É um papel semi-translúcido de superfície áspera que pode ser utilizado para copiar um desenho ou esboço e transpassá-lo a um papel melhor. Não utilize caneta nanquim neste papel, pois por ser áspero, gasta a ponta da caneta.

Papel vegetal - Também utilizado em arquitetura e cartografia. É um papel, também semi-translúcido, que serve para se fazer arte-final sobre o rascunho, com a caneta nanquim, por exemplo. É possível fazer o desenho em um papel qualquer e terminá-lo no papel vegetal, o que elimina a mesa de luz. 

Schoeller – Esta marca de papel alemã faz suas próprias especificações para as diferenças de cada tipo de papel que comercializa. A ser:
Hammer 1G / 1R (150g/m2)*
Hammer 3G / 3R (200g/m2)*
Hammer 4G / 4R (250g/m2)*
Hammer 6G / 6R (300g/m2)*
Hammer 4G Dick / 4R Dick (1.300g/m2)*
* G = papel liso e R = Áspero

Os papéis Schoeller são muito caros aqui no Brasil, mas são sem dúvida nenhuma os melhores existentes. Pessoalmente, aconselho a todos os desenhistas a utilizar o papel Schoeller em todos os trabalhos. São ideais para quase todas as técnica e materiais, incluindo aerografia e tinta acrílica.


Fontes:
http://www.emporiomichelangelo.com.br/schoeller.htm
http://www.canson.com.br/interno.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Papel

Para saber da História do Papel visitem:
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/historia-do-papel/historia-do-papel-2.php

8 comentários:

Anônimo disse...

papel chamex 90 gramas é bom pra usar com caneta nanquim descartavel?

Artefagia disse...

Se você quiser resultado aconselho um papel superior como papel schoeller.. mas o chamex vale, só que se passar a mão em cima logo começar a desenhar vai borrar...

Anônimo disse...

Olá meu caro, sabe onde encontrar o scholler 4r dick
Abçs.
Wagner

Artefagia disse...

Wagner, depende da cidade onde vc mora!
SP tem inúmeras lojas.. já Curitiba tem 2 que conheço. A Graffiti e a Le Papier.

Mr. disse...

Boa noite , meus estilo é expressionismo , gostaria de aprimorar , vc tem algum site pra indicar livros , já que curso é caro e são poucos que se prontificam em ajudar .

Celso Ricardo Campos Machado disse...

qual um bom papel para desenho que seja mais ou menos facil de achar.

Miguel Eduardo disse...

Ola, estou desenhando com nanquim, por enquanto em blocos comuns, gostaria saber qual tipo de papel mais indicado para trabalhos em nanquim, na intenção de emoldurar e comercializar o trabalho. A proposito qual caneta de nanquim é indicada, as bico de pena metalicas ou as descartaveis? abraços.

Artefagia disse...

Miguel Eduardo,
Hoje em dia está se reduzindo em muito a gama de papeis para o desenho. Agora são vendidos em blocos e não mais avulso. A marca "canson" por exemplo tem os mais diversos tipos de papel e é interessante ir a papelaria procurar o papel indicado para a técnica e comprem papeis de gramatura acima de 90. Já canetas nanquim eu prefiro SEMPRE as canetas recarregáveis e bicos de pena do que a descartável.

Também poderá gostar de: